(88) 9 9803-4666

NO AR

BOM DIA TABAJARA

Com Jr Chocolate

Esporte

Ceará vence Fortaleza na Arena Castelão, sai do Z4 e afunda rival na lanterna da Série A

Clássico-Rei de hoje é importantíssimo para os dois times na Série A

Publicada em 01/06/22 às 22:39h

por Diário do Nordeste


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Cléber marcou o gol da vitória do Ceará contra o Fortaleza nesta quarta-feira (1°) pela Série A  (Foto: Thiago Gadelha / SVM)
O Ceará venceu o Fortaleza por 1 a 0 nesta quarta-feira (1°) na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), em duelo atrasado da 3ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O atacante Cléber marcou o único gol da partida.

Com o resultado, o Ceará chega aos 9 pontos e deixa a zona de rebaixamento. A vitória do Alvinegro de Porangabuçu afunda o Fortaleza na lanterna da competição. A equipe de Vojvoda tem apenas dois pontos.

As equipes voltam a campo no final de semana. O Ceará encara o Coritiba no sábado (4), às 19h (horário de Brasília) na Arena Castelão, enquanto o Fortaleza visita o Flamengo no domingo (5), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

O JOGO
Fortaleza e Ceará protagonizaram um espetáculo nas arquibancadas, mas uma guerra dentro de campo, literalmente. O confronto teve início movimentado, com as equipes propondo jogo, mas foi interrompido duas vezes pela arbitragem, após a torcida do Leão acender sinalizadores nas arquibancadas.

A tensão gerada pelas paralisações refletiu em campo. Aos 18 minutos, após falta em favor do Fortaleza, uma confusão generalizada deixou o confronto ainda mais conturbado. O árbitro Bráulio da Silva Machado foi chamado pelo Árbitro de Vídeo (VAR) e, ao rever o lance, expulsou o volante Felipe, por desferir um tapa no rosto de Richard, do Ceará. O médio alvinegro foi amarelado, assim como Brayan Ceballos.

Com a vantagem numérica em campo, o Ceará controlava a partida, buscando as entrelinhas para chegar ao gol de Marcelo Boeck. Aos 35 minutos, o bombardeio alvinegro teve início: Cléber recebeu de Erick e finalizou, mas o arqueiro leonino defendeu. No lance seguinte, Vina abriu o marcador, após Richard cruzar para o meio da área. Entretanto, a arbitragem assinalou impedimento do volante alvinegro. Aos 39, Lima recebeu do camisa 29 e acertou o travessão do Fortaleza, enquanto aos 42, Richard finalizou de fora da área e o goleiro espalmou.

Devido às paralisações, o árbitro acrescentou mais 10 minutos. Aos 55, no último lance da partida, o momento da explosão alvinegra na Arena Castelão: Richardson tocou para Vina, o meio-campista, de letra, encontrou Cléber na área, que bateu na saída de Boeck e abriu o marcador para o Ceará, deixando a equipe em vantagem no placar.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o Ceará buscou controlar o resultado e cadenciava a partida. Necessitando do resultado, o Fortaleza cresceu na partida e teve duas oportunidades na área, mas Silvio Romero e Robson desperdiçaram.

Aos 20 minutos, o Tricolor do Pici arrematou pela 1ª vez na direção do gol: Moisés carregou pelo meio, finalizou de fora da área e João Ricardo espalmou.

Observando o crescimento do Leão na partida, o auxiliar Lucas Silvestre promoveu a entrada dos atacantes Matheus Peixoto e Iury Castilho. Aos 25 minutos, uma chance de ouro para o Ceará: Lima encontrou Nino Paraíba na área, mas o lateral-direito desperdiçou cara a cara com Boeck.

Com a partida se encaminhando para o final, Lucas Silvestre promoveu a entrada de Marcos Victor no lugar de Vina, com o intuito de povoar o setor defensivo, ocupado pelo Fortaleza nos minutos finais do Clássico-Rei.

Aos 40 minutos, a chance de ouro do Leão: Robson recebeu na área, driblou Messias e cruzou na área. João Ricardo interceptou a chegada de Titi.

ESCALAÇÕES DE FORTALEZA X CEARÁ

Fortaleza: Marcelo Boeck; Ceballos (Romarinho), Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Felipe, Hércules (Lucas Crispim), Lucas Lima (Zé Welison) e Juninho Capixaba; Moisés (Depietri) e Silvio Romero (Robson). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Ceará: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Victor Luis; Richard e Richardson (Fernando Sobral); Lima, Erick (Iury Castilho) e Vina (Marcos Victor); Cléber (Matheus Peixoto). Técnico: Lucas Silvestre.

FICHA TÉCNICA | FORTALEZA 0 X 1 CEARÁ
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 01/06/2022 (quarta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Ceballos, Lucas Lima, Pikachu e Zé Welison (FOR) e Richard Coelho, Richardson, Cléber e Lima (CSC)
Cartões vermelhos: Felipe (FOR)
Gols: Cléber (CSC)



Enquete

Nenhum registro encontrado








LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 196852
Usuários Online: 52
Copyright (c) 2022 - Rádio Tabajara FM