(88) 9 9803-4666

Esporte

Botafogo perde para o Coritiba e cai para o penúltimo lugar

Publicada em 23/10/14 as 02:05h por O Globo


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Vestindo camisas com números cor de rosa, em menção à campanha de combate ao câncer de mama, Coritiba usava o estado crítico de sua campanha para mostrar a importância da prevenção no encontro dos desenganados. Com uniforme todo preto, o Botafogo tentava trocar as previsões fúnebres pela esperança. Embora bastasse aos cariocas um empate para deixar a zona do rebaixamento, foi o time da casa que celebrou a vida nova. Com vitória por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, o Coritiba deixou a lanterna e foi dormir pela primeira vez fora da confusão após 25 rodadas entre os quatro piores do Brasileiro.Ao Botafogo, agora, resta vencer o clássico diante do Flamengo, sábado, em Manaus, para tentar sair da zona do rebaixamento. O time rubro-negro poupará titulares.


Antes do jogo desta quarta-feira, o técnico Vágner Mancini disse que a maior motivação era escrever um final de temporada diferente. Quando a bola rolou, o sofrimento foi o mesmo que deve acompanhar seu time até as últimas rodadas. Incapaz de segurar a bola no meio, o Botafogo convidava o rival para seu campo. Após a arbitragem anular corretamente um gol para cada lado, o volume de jogo dos donos da casa acabou prevalecendo sobre a fragilidade da marcação alvinegra.


SIMULAÇÃO E QUEDA


Ao receber belo passe de Carlinhos aos 29, Joel ficou à vontade entre Gabriel e Dankler para abrir o placar com toque na saída de Jéfferson. Logo depois, o goleiro alvinegro saiu mal do gol e Luccas Claro acertou o travessão. A hesitação do goleiro no lance anunciava o desequilíbro de todo o time. Aos 39, Aírton recebeu o segundo cartão amarelo, por impedir a progressão de Alex na direção do gol, e foi acertadamente expulso.


— Temos que nos fechar para não levar gol. O empate já está de bom tamanho — disse Gabriel no intervalo, com um discurso na medida das ambições de um time que precisa somar nos próximos oito jogos a metade dos 30 pontos que fez até agora para escapar sem fazer contas.


No início do segundo tempo, a chance do empate acabou em castigo quando Rogério entrou livre diante do goleiro e recebeu cartão amarelo pela tentativa de cavar pênalti em vez de tentar o gol. A facilidade com que o alvinegro foi ao chão lembra o quanto vai ser difícil evitar a queda. Aos 24, a arbitragem voltou a acertar ao anular gol de Régis por impedimento. Aos 42, Alex matou no peito e usou a cabeça antes de fazer 2 a 0. Embora a situação ainda não seja cor de rosa como os números de sua camisa, o Coritiba entendeu que a campanha agora é de recuperação. Mesmo que toda a prevenção e diagnóstico tenham falhado, ainda há tempo de o Botafogo se tocar e aceitar o tratamento.


CORITIBA 2 X 0 BOTAFOGO


Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)



Árbitro: Anderson Daronco (RS)



Auxiliares: José Antônio Chaves Franco Filho (RS) e José Javel Silveira (RS)



Cartões amarelos: Ramírez, Airton e Rogério (BOT); Joel e Luccas Claro (CTB)



Cartões vermelhos: Airton (BOT)



Gols: Joel, aos 28'/1°T (1-0) e Alex, aos 42'/2°T (2-0)



CORITIBA: Vanderlei; Norberto, Lucas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Sergio Manoel, Rosinei, Robinho (Elber, aos 25'/2°T) e Alex; Zé Love (Martinuccio, aos 16'/2°T) e Joel (Gil, aos 36'/2°T). Técnico: Marquinhos Santos.


BOTAFOGO: Jefferson; Régis, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel e Ramírez (Murilo, aos 34'/2°T); Rogério, Jobson (Carlos Alberto, aos 17'/2°T) e Wallyson (Yuri Mamute, aos 17'/2°T). Técnico: Vagner Mancini.


Fonte: O Globo



Enquete
O mais importante para sua felicidade:

 O Trabalho
 A família
 Os Amigos
 A Diversão







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 47497
Usuários Online: 240
Copyright (c) 2019 - Rádio Tabajara FM