(88) 9 9803-4666

Esporte

No reencontro de Ceni, Fortaleza perde por 2 a 1 para o São Paulo, no Pacaembu

Publicada em 05/10/19 as 19:30h por Diário do Nordeste


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Com o resultado, o Leão estaciona na 14ª posição, podendo ser ultrapassado por Ceará e Fluminense neste domingo (6).  (Foto: Caio Rocha)
No 1º confronto de Rogério Ceni contra o São Paulo como técnico no Pacaembu, o Fortaleza perdeu por 2 a 1 com gol de Wellington Paulista, enquanto Pablo e Igor Gomes deram a vitória na estreia de Fernando Diniz. Com o resultado, o Leão do Pici pode ficar na beira do Z-4 neste domingo (6) caso Ceará e Fluminense vençam

O jogo

Em um 1º tempo muito movimentado, o São Paulo começou com uma pressão característica dos times de Fernando Diniz. O técnico cobrava muito o movimento de perde/pressiona nos treinos durante a semana e o resultado foi visto durante os minutos iniciais no Pacaembu. O Fortaleza não conseguia trocar passes no campo ofensivo, sempre com, no mínimo, dois adversários em cima do homem com a bola.

O 4-1-4-1 de Diniz tinha Antony e Juanfran explorando muito o lado direito, onde Daniel Alves ajudava na construção enquanto Osvaldo tentava cobrir o corredor ao lado de Carlinhos. Com passes rápidos e curtos, o Tricolor paulista tinha o domínio absoluto da partida.

Ceni não conseguia apostar nos contra-ataques pelo pouco espaço cedido à sua equipe, tendo em Edinho o principal desafogo. No 4-4-2, André Luis pouco ajudou pelo meio ao lado de Wellington Paulista, que tem em Osvaldo uma dupla mais ágil no setor. 

Aos 14 minutos, Dani Alves cobrou falta pela esquerda e lançou para a área. Pablo, mal marcado por Jackson, não precisou nem pular para cabecear no segundo poste, abrindo o placar.

Aos 25, vespas paralisaram o jogo, aglomeradas na bandeira de escanteio. Assim como ocorreu no Castelão contra o Internacional, o Fortaleza aproveitou a pausa para arrumar a equipe e buscar mais paciência na fase de criação. 

Em uma das poucas chegadas à área do Leão do Pici, Reinaldo empurrou Gabriel Dias. Pênalti para o Fortaleza. Na cobrança, W. Paulista deslocou Tiago Volpi e a bola ainda bateu na trave antes de igualar o marcador.

Na segunda etapa, o Leão voltou mais consistente. A pressão do Tricolor paulista não era a mesma, dando espaços para o Fortaleza explorar nos contra-ataques. Aos 2 minutos, André Luis saiu machucado, dando lugar para Mariano Vázquez. O argentino ficou ao lado de W. Paulista durante a segunda etapa, ajudando na distribuição no setor, além de exigir uma grande defesa de Volpi após belo chute de fora da área.

Osvaldo também saiu sentindo, e Felipe Pires entrou pelo lado esquerdo, dando opção de velocidade que o camisa 11 não conseguia mais impor.  

Porém, com as alterações de Diniz, o São Paulo empurrou ainda mais o time de Ceni para seu campo. Vitor Bueno entrou pela esquerda e Igor Gomes pelo meio, lançando Daniel Alves para a lateral e liberando Antony, que aproveitou o cansaço de Carlinhos para armar a jogada do 2º gol.

Aos 33 minutos, o jovem camisa 39 cruzou para Igor Gomes, que infiltrava entre os defensores, finalizar e balançar as redes de Boeck, que vinha fazendo ótima partida.

A partir do gol, o São Paulo esperou o Fortaleza, que ainda tentou uma reação final, se lançando ao ataque, mas sem sucesso.

O Tricolor de Aço recebe a Chapecoense na quarta-feira (9), às 20h30, na Arena Castelão.



Enquete
O mais importante para sua felicidade:

 O Trabalho
 A família
 Os Amigos
 A Diversão







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 36014
Usuários Online: 50
Copyright (c) 2019 - Rádio Tabajara FM