(88) 9 9803-4666

Esporte

Clube não poderá mais vender mando de campo no Brasileiro

Publicada em 21/02/17 as 00:32h por Terra


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Divulgação/CBF)
Reunidos em conselho técnico na sede da CBF, os clubes da Série A do Brasileiro decidiram na tarde desta segunda (20) que a edição do Brasileiro de 2017 não permitirá mais a venda de mandos de campo. Esse ponto vinha causando polêmica,  notadamente nas rodadas finais do último campeonato,  quando equipes já eliminadas abriam mão de jogar em casa em troca de vantagem financeira.

Isso causava um desequilíbrio técnico e beneficiava alguns clubes que não teriam de enfrentar o mandante de jogos na casa do adversário.  O Flamengo chegou a reclamar do problema em 2016, quando ainda tinha chances de disputar o título e viu o América-MG trocar seu estádio por um campo neutro para jogar com o Palmeiras.

"Parou com esse negócio.  Não foi unanimidade,  mas ficou decidido", disse o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno.

Outras decisões tomadas na reunião desta segunda dizem respeito à capacidade mínima de público nos estádios para os jogos da Série A - até então,  era de 15 mil, e agora passa a ser de 12 mil -; e à proibição de partidas do Brasileiro e gramados sintéticos, como é hoje o do Atlético-PR. Mas essa padronização só valerá a partir de 2018.



Enquete
Você é a favor da reforma da previdência ?

 Sim, mas não com a atual proposta
 Não
 Não agora, talvez no futuro
 Sim, claro







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 39867
Usuários Online: 85
Copyright (c) 2019 - Rádio Tabajara FM