(88) 9 9803-4666

Esporte

Ceará e Vasco frustram Castelão lotado e não saem do zero na Série B

Publicada em 03/08/16 as 08:25h por Globo Esporte CE


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Nenê domina a bola no Castelão: bem fisicamente, mas sem gol  (Foto: Carlos Gregório Jr./vasco.com.br)

Era o duelo entre o líder e o vice-líder da Série B. Castelão lotado. Promessa de um grande jogo. Faltou combinar com Ceará e Vasco. As duas equipes decepcionaram dentro de campo e não passaram de um frustrante empate sem gols. Com o resultado, os cariocas fecham o primeiro turno da competição com 39 pontos, na primeira colocação. O Vozão aparece logo na sequência, com 35, mas ainda pode perder a posição para o Atlético-GO, que fecha a rodada apenas no dia 16 de agosto.  

VEJA A TABELA DA SÉRIE B

As duas equipes vão demorar para voltar a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro. O Ceará entra em campo apenas no dia 16 de agosto, quando abre a rodada diante do Paysandu, fora de casa. O Vasco joga quatro dias depois, contra o lanterna Sampaio Corrêa, em São Januário. 

O jogo

Nenê voltou a ser titular do Vasco nesta terça-feira. O meia, que perdeu quatro jogos por causa de lesão muscular na coxa, mostrou que está 100% recuperado: se movimentou no ataque e organizou seus companheiros. Mas a atuação foi discreta. Cartão amarelo por reclamação ainda no primeiro tempo e nada de gols no Castelão. 

Decepção dentro de campo, mas longe disso fora das quatro linhas. A torcida do Ceará deu show nesta terça-feira. O Castelão recebeu 55.445 pagantes, para uma renda de R$ 1.231.465,00. O público bateu de longe o recorde da Série B, que antes pertencia ao duelo entre Sampaio Corrêa e Vasco, em maio, com 28.927 torcedores.

O bom público que compareceu ao Castelão fez bem ao Ceará. Os donos da casa não se intimidaram diante do Vasco e jogaram melhor do que o líder. Diego Felipe quase marcou de cabeça aos nove. Rafael Costa levou perigo em três ocasiões: tirou tinta da trave em chute de longe, exigiu boa defesa de Martín Silva em outra finalização e perdeu chance clara ao sair na cara do goleiro, mas chutar para fora.   

Se o primeiro tempo foi decepcionante, o segundo foi ainda pior. A conversa no vestiário pouco adiantou para o Vasco, que seguiu jogando mal e sentiu o desgaste físico na parte final do confronto. O Ceará, por sua vez, sequer manteve o desempenho apresentado até então, criando poucas chances de gols. O empate sem gols ficou de bom tamanho. 




Enquete
Meu maior desejo para o Ano de 2020 é:

 Mais Saúde
 Poder Estudar
 Um Trabalho
 Amar mais







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 56840
Usuários Online: 82
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM