(88) 9 9803-4666

Esporte

Após dois meses sem vitória, Vasco bate Ponte Preta, quebra jejum, mas segue na lanterna

Publicada em 09/09/15 as 23:56h por ESPN


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Eram quase dois meses sem vitória no Brasileiro. 52 dias. Um mês sem pontuar. Desde a 14ª rodada, o Vasco não vencia no campeonato. Fora de casa, contra a Ponte Preta e com muitas mudanças na escalação, não parecia que a vitória sairia nesta quarta-feira, justamente contra o time de Doriva, técnico que iniciou a temporada no Cruz-Maltino. Mas ela saiu. Com um a mais, o Gigante da Colina bateu a Ponte por 1 a 0, gol de Leandrão, e conquistou três pontos apenas pela quarta vez na competição.

Desde o dia 19 de julho que a equipe carioca não sabia o que era vencer no Brasileirão. De lá para cá, muita coisa mudou. O técnico Celso Roth foi embora, jogadores foram afastados, jogadores chegaram, mas o que não muda é a situação desesperadora do clube de Eurico Miranda.

Mesmo com o triunfo, o Vasco tem apenas 16 pontos no certame e segue na lanterna, cinco pontos atrás do 19º colocado Joinville.

A Ponte Preta chegou ao sexto jogo sem vitória, parada na 14ª posição, com 28 pontos.

O jogo

A partida começou morna, sem muita inspiração pelas duas equipes. O primeiro tempo foi um festival de passes errados, jogadas mal trabalhadas, falta de criatividade e pontaria. A Ponte, mesmo em casa e contra o lanterna, jogava mais atrás, esperando o Vasco.

Biro Biro era quem mais tentava, sem sucesso, levar a Ponte Preta à frente. A prmeira chance veio na bola parada, apenas aos 22. Adrianinho botou na cabeça de Renato Chaves, que cabeceou para boa defesa de Jordi. O Vasco respondeu no minuto seguinte: Leandrão, com espaço, bateu forte, mas Lomba defendeu. Xodó da torcida, Biro Biro tentou aos 28 e 38, mas bateu ambos para fora.

A volta para o segundo tempo só teve um fato importante: a lesão de Diguinho, aos dois minutos. O Vasco teve a primeira chance: aos 13, Nenê cobrou falta muito próximo ao gol, com Lomba já batido no lance, parado no meio da linha.

Logo na sequência, Diego Oliveira, que havia levado o primeiro amarelo em uma simulação ridícula, tomou o vermelho após dar uma cotovelada em Luan. Mas faltou critério: aos 16, Herrera simulou pênalti e não foi advertido.

Com Riascos em campo no lugar do argentino, o Vasco melhorou. Veloz, o colombiano assustava a zaga ponte pretana. Aos 22, Andrezinho tocou para ele, mas o camisa 20 mandou para fora. Cinco minutos depois, mudança na Ponte Preta. Doriva decidiu tirar Biro Biro, e a torcida não perdoou, xingando o treinador com gritos de burro.

Era o clima propício para uma surpresa. E ela veio. Aos 29, Leandrão tirou o grito entalado na garganta do torcedor vascaíno. Madson jogou na área, Riascos ajeitou, Andrezinho rolou e, com dois toques, o novo centroavante cruz-maltino fez seu primeiro pelo Vasco em belo chute no canto de Marcelo Lomba.

No último lance, aos 49, o Vasco quase fez mais um gol. Seria a chave de ouro: dois gols na competição após apenas nove na competição. Mas era demais. O mais importante, veio. Faltam 30 pontos. Parece um milagre, mas em São Januário, há quem acredite

FICHA TÉCNICA:
PONTE PRETA 0 X 1 VASCO DA GAMA

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Árbitro: Diego Almeida Real (RS) 
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)
Público pagante: 3.961 torcedores / Renda: R$ 54.900,00
Gol: Leandrão (29'/2T - Vasco)
Cartões amarelos: Gilson, Diego Oliveira e Ferron (Ponte Preta) / Herrera (Vasco)
Cartão vermelho: Diego Oliveira (Ponte Preta)

Ponte Preta: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Elton (Juninho) e Adrianinho (Keno); Biro Biro (Cesinha) e Diego Oliveira. 
Técnico: Doriva

VASCO: Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Diguinho (Rafael Vaz), Julio dos Santos (Andrezinho), Bruno Gallo e Nenê; Herrera (Riascos) e Leandrão.
Técnico: Jorginho.



Enquete
O mais importante para sua felicidade:

 O Trabalho
 A família
 Os Amigos
 A Diversão







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 36082
Usuários Online: 80
Copyright (c) 2019 - Rádio Tabajara FM