(88) 9 9803-4666

Esporte

Fortaleza faz dever de casa e vence Coritiba por 2 a 1 pela Copa do Brasil

Publicada em 06/05/15 as 21:49h por Globo Esporte CE


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Fortaleza vence Coritiba no Castelão  (Foto: Kid Júnior/Agência Diário)
Diante de um cenário de depredação, com inúmeras cadeiras quebradas, o Fortaleza voltou ao palco de última conquista, o Cearense, para encarar o Coritiba, pela segunda fase da Copa do Brasil, e venceu por 2 a 1. A Arena Castelão estava longe de receber o público do último domingo, quando houve briga de torcedores, mas viu tricolores empolgados e ainda relembrando a conquista estadual em seus hinos e gritos de Incentivo. Suficiente para criticar, mas até mesmo perdoar as chances perdidas por Lúcio Maranhão e Daniel Sobralense. E festejar, claro, os gols de Wanderson e Adalberto. A vantagem do empate é do Leão do Pici. O Coxa precisa vencer o jogo de volta por dois gols de diferença para avançar.

O Fortaleza joga de novo só na próxima quarta-feira (13), às 22 horas, contra o mesmo Coxa, no jogo de volta da Copa do Brasil. Coritiba volta a campo já no sábado (9), contra a Chapecoense, na estreia da Série A do Campeonato Cearense, às 19h30min, na Arena Condá, fora de casa.

Inacreditável

Depois de 15 minutos pouco produtivos e truncados, Fortaleza e Coritiba resolveram jogar bola de verdade. O Leão do Pici foi o primeiro a tomar a iniciativa. E tanto insistir, arrancou o primeiro gol do jogo. Pio lançou Wanderson, que tocou na saída do goleiro.

Mas o domínio tricolor foi cedendo espaço ao toque de bola do Coxa. E de jogada em jogada, o time paranaense pressionava e chegava mais perto do empate. Até que Pedro Ken acertou bom lançamento para Raphael Lucas e encheu o pé. Gol de empate que esquentou a partida.

A torcida se irritou e começou a cobrar o mesmo poder de reação da final do Cearense contra o Ceará. Foi aí que Lúcio Maranhão, que teve o nome muito bem recebido pela torcida ao lado do de Deola, no anúncio da escalação do time, recebeu de cara para o gol e  acertou o travessão. Na sobra, mais perto das redes, Daniel Sobralense testou de cabeça e conseguiu mandar por cima da meta.

Haja correria

Na volta para o segundo tempo, não deu outra. A troca de Lúcio Maranhão por Cassiano foi aplaudida pelas arquibancadas. A partida, em si, continuou bem disputada. No entanto, o Fortaleza era mais ofensivo. E em cobrança de falta ampliou. Após defesa prévia do goleiro do Coritiba, Adalberto só teve o trabalho de escorar para o gol.

Depois do tento, o que poderia parecer um sinal de que a partida cresceria em emoção, foi exatamente o contrário. Embora o Tricolor do Pici fosse perigoso em suas investidas, não inflamava a partida. E o Coxa era pouco produtivo e sofria para finalizar a gol.



Enquete
Quando passar a pandemia vou!

 Viajar
 Estudar
 Trabalhar
 Namorar
 Ficar Quieto







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 243252
Usuários Online: 110
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM