(88) 9 9803-4666

Esporte

Expectativa e realidade

Publicada em 25/01/15 as 00:51h por Portal Verdes Mares


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Empate deste sábado no Presidente Vargas deixou o Galo do Tabuleiro na liderança do Grupo A1 do Campeonato Cearense 2015. As duas equipes podem ser ultrapassadas por Icasa ou Quixadá, que se enfrentam hoje, no Romeirão  (Foto: Kid Junior)
Nas prévias da partida, esperava-se um confronto disputado entre Fortaleza e Horizonte, ontem, no Presidente Vargas, pela 4ª rodada do Grupo A1 do Campeonato Cearense. Mas nada comparado ao que realmente se viu, no conturbado empate em 1 a 1.

A disputa que se esperava na bola foi confundida com marcação implacável, número excessivo de faltas - algumas duras demais - e tudo com conivência do árbitro Glauco Feitosa, que deixou literalmente a pancada reinar, principalmente no primeiro tempo. Foram distribuídos quatro cartões amarelos para cada time e um vermelho para o Horizonte, mas este número seria muito maior se a arbitragem tivesse tido mais bom senso.

Resultado: a cada disputa de bola, uma chegada mais desleal, sem deixar por menos a entrada dura anterior. Com tanta transpiração, foram raros os lances de registro no 1º tempo. E foram tricolores, com Cássio desviando rente à trave, e em chute de Maranhão no travessão.

O inicio do segundo tempo continuou pegado. Depois de uma bola ao chão, o jogador do Horizonte, Helton, não devolveu a bola e saiu em direção ao GOL, revoltando os jogadores do Leão. O tempo fechou, com os jogadores se estranhando. Quando a calmaria voltou, o gol saiu: depois de bate-rebate na área, Laertes chutou na trave e Maranhão fez 1 a 0, já sem goleiro.

Empate

Com o placar aberto, os times esqueceram as divididas mais duras e o jogo ficou aberto, menos faltoso. Já com três atacantes, o Horizonte pressionou para tentar criar alguma coisa, o que não havia conseguido até então.

Foi quando aos 37 minutos, o goleiro Deola, que havia sido pouco exigido, tirou uma bola de soco, André Cassaco dominou e tocou para Albano - que minutos depois seria expulso por falta dura - soltar a bomba para empatar: 1 a 1.

O Leão ainda teve uma boa chance em cobrança de falta no último lance, mas desperdiçou, amargando o empate em casa. Com o resultado, o Tricolor chegou aos cinco pontos, e fica em 2º no Grupo A1, enquanto o Horizonte se manteve líder, com os mesmos cinco pontos e superior ao time da Capital no saldo.

Olho no jogo

Mudança

Everson do Horizonte, foi desfalque de última hora na equipe visitante. No lugar dele, o treinador Arnaldo Lira teve de colocar Rafael. O titular foi vetado no vestiário do Presidente Vargas após se constatar que ele não estava plenamente recuperado de bancada na cabeça.

Público fraco

A presença da torcida tricolor na tarde deste sábado no PV foi tida como decepcionante pela diretoria do clube. O presidente Jorge Mota classificou como desleal a concorrência com o pré-carnaval, para ele, um dos principais motivos da ausência dos torcedores do time do Pici.

Volante com a 10?

O experiente volante Válter, do Horizonte, jogou ontem com a camisa 10. Ele admitiu, antes de entrar em campo, que o número teria a função de confundir os adversários, mas sua função principal, que sempre foi de contenção, não mudaria. De fato, não mudou, ele raramente foi ao ataque.
 



Enquete
Meu maior desejo para o Ano de 2020 é:

 Mais Saúde
 Poder Estudar
 Um Trabalho
 Amar mais







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 62849
Usuários Online: 130
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM