(88) 9 9803-4666

Ceará

Chuva deixa carros submersos e famílias desabrigadas em cidades do interior do Ceará

Publicada em 25/03/20 as 15:23h por G1 CE


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Vários bairros de Hidrolândia amanheceram alagados nesta quarta-feira. Muitas famílias estão desabrigadas.  (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)
A chuva que atingiu as regiões Sertão dos Inhamuns, o Norte do Ceará e Vale do Jaguaribe causou transtornos para moradores de alguns municípios. As cidades mais afetadas com a chuva foram Hidrolândia, Jaguaribe e Crateús. Choveu em mais de 100 cidades cearenses entre 7h da terça-feira-feira (24) e 7h desta quarta-feira (25).

O município de Crateús, no Sertão dos Inhamuns, registrou entre terça-feira e quarta-feira precipitações de 141 milímetros. A maior do dia no Estado. A chuva foi computada no posto pluviométrico do Aeroporto. A informação é da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados serão atualizados durante o dia pelo órgão.

A chuva em Crateús começou no fim da tarde e permaneceu durante a noite de terça-feira. A precipitação ficou ainda mais intensa a partir da madrugada desta quarta por volta das 3h30. De acordo com a Polícia Militar, a água da chuva invadiu várias residências e comércios. Bairros como Aeroporto, Bela Vida, São Vicente e Centro ficaram com suas ruas e avenidas alagadas.

Na Rua Francisco Sá que passa pelo Centro da cidade uma moto de um entregador ficou submersa. Um automóvel também ficou submerso no Bairro Altamira próximo o clube Caça e Pesca.

Segundo o coordenador da Defesa Civil do município, Antônio Raimundo da Silva, entre 300 e 400 famílias estão desalojadas por causa da chuva. Antônio afirmou que escolas municipais que não estão funcionando por causa da quarentena do Coronavírus servirão de abrigos provisórios para as famílias. Agentes da Defesa Civil e Guarda Municipal dão apoio neste momento e avaliam os estragos provocados pela precipitação.

Famílias desalojadas
Em Hidrolândia, no Norte do Ceará, a chuva deixou pelo menos 40 famílias desalojadas. Ruas e as principais avenidas do município ficaram alagadas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o nível do Rio Batoque, que passa pelo município, subiu e alagou os quatro distritos da cidade: Betânia, Conceição, Hidrolândia (Centro) e Irajá. A chuva iniciou no fim da tarde e a água invadiu residências e arrastou eletrodomésticos e móveis. O comércio também foi afetado. Vários comerciantes perderam seus produtos.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Sobral e Canindé foram à cidade para fornecer apoio. Ainda segundo os bombeiros, a Rodovia CE-187, entre Santa Quitéria e Hidrolândia, chegou a ficar interditada por causa das inundações.

Em contato com a prefeitura de Hidrolândia para saber sobre quais as medidas emergenciais que serão tomadas sobre as famílias desabrigadas, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Alagamentos em Jaguaribe
Em Jaguaribe a chuva de 132 milímetros também trouxe prejuízos para a população. A água alagou ruas e avenidas. Os moradores tiveram dificuldades para deixar suas casas. O trânsito em alguns trechos ficou complicada.

Moradores relataram por meio de redes sociais que há dez anos não chovia tão intensamente na cidade. "Por volta das 3h da manhã começou a chuva. Foi até o início da manhã. Agora começou a chover de novo. A maior chuva dos últimos dez anos", relatou um morador.

Chuvas no Estado
No balanço de chuvas em todo o Ceará referente ao intervalo entre terça e quarta há, até o momento, registros em mais de 100 municípios. Os maiores acumulados além de Crateús foram em Ipaporanga (137 milímetros), Jaguaribe (132 milímetros), Ererê (125 milímetros) e Graça (116 milímetros).

Previsão para os próximos dias
Segundo a Funceme, a Região Centro-Sul do Ceará deverá concentrar as principais até a próxima quinta (26).

O cenário se dá, principalmente, pela presença de uma frente fria localizada sobre o oceano na altura do estado da Bahia, à leste do Nordeste. Além disso, embora haja, neste momento, pouca atividade convectiva (formação de nuvens de chuvas mais favoráveis às precipitações) na região onde a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) está localizada (abaixo da linha do Equador), esse sistema indutor também poderá colaborar com formação de chuvas no centro-sul, principalmente, o que inclui, além do Cariri, Sertão Central e Inhamuns, mas também Ibiapaba e Maciço de Baturité.

Para os próximos dias, as áreas mais ao norte do estado deverão apresentar quantidade menor de chuva, tanto no que diz respeito aos acumulados totais quanto ao percentual total de área com registros.

Em Fortaleza e Região Metropolitana, segundo a Funceme, há chances de chuva entre madrugada e manhã, porém, passageiras e com acumulados pouco expressivos até quinta.

Situação dos principais açudes
Apesar de boas chuvas registradas desde o início deste ano, os três principais açudes do Estado continuam com nível delicado. O Castanhão, maior reservatório cearense, está com apenas 7,26%. O Orós, segundo maior do Estado, está com 12,73 e, o Banabuiú, 6,52%.



Enquete
O que você mais sente falta com o isolamento?

 Viajar ?
 Praia ?
 Reunir a Família ?
 Trabalhar Normalmente ?
 Cinema ?
 Barzinho ?







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 73597
Usuários Online: 101
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM