(88) 9 9803-4666

Ceará

Ceará deve ter retorno das chuvas a partir desta quarta-feira (13)

Publicada em 13/02/19 as 08:19h por Diário do Nordeste


Compartilhe
   

Link da Notícia:

O acumulado de chuvas para o mês de fevereiro, até ontem, foi de 57,9 milímetros.  (Foto: JOSÉ LEOMAR)

As chuvas devem retornar com mais intensidade ao Estado a partir desta quarta-feira (13), segundo previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Essa incidência será possível graças à reaproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) - principal sistema indutor de precipitações durante a Estação Chuvosa - da costa Norte do Nordeste, o que inclui o Ceará.

A previsão para hoje aponta nebulosidade variável com chuvas em todas as regiões do Ceará. Embora os sistemas indiquem uma distribuição equivalente, o Centro-Norte deve ser a região melhor beneficiada, segundo comenta o meteorologista do órgão, Raul Fritz.

Segundo explica, outro ponto que pode beneficiar a ocorrência de chuvas a partir de agora é o afastamento do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN). "No contexto atual, esse fenômeno dificultou uma melhor atuação da Zona de Convergência nas últimas 24 horas, mas com ele atuando mais distante do Ceará e a ZCTI se aproximando, pode facilitar as chuvas", afirma.

Acumulado

Até ontem, o acumulado de chuvas para o mês de fevereiro, o primeiro da quadra chuvosa do ano, foi de 57,9 milímetros, de acordo com dados da Funceme. A média pluviométrica histórica para o período, no entanto, é de 118.6 milímetros, o que representa, por enquanto, um desvio negativo de 51,2 mm. Em 2018 e 2017, o Estado esteve acima da média do mês, com desvios positivos de 66,1 mm e 34,8 mm, respectivamente.

Nas últimas 24 horas registradas pelo órgão, entre as 7h da última segunda-feira (11) e às 7h da terça-feira (12), as chuvas foram pouco expressivas no Estado. Apenas 16 municípios registraram precipitações, sendo o maior acumulado em Jaguaruana, com apenas 12 milímetros.

Ainda conforme o meteorologista Raul Fritz, o retorno das chuvas deve diminuir, também, a sensação de calor, potencializada nos últimos dias. Apesar de não significar uma queda nas temperaturas registradas, uma maior cobertura de nuvens amenizará a sensação térmica.

"A temperatura atual não está mais alta. A intensidade dos ventos é que está menor, estão mais fracos. E combinado com a alta umidade do ar deixa o tempo mais abafado e dá essa sensação de mais calor. As chuvas voltando de forma mais regular, mais contínua, essa sensação tende a diminuir", comenta




Enquete
Você é a favor da reforma da previdência ?

 Sim, mas não com a atual proposta
 Não
 Não agora, talvez no futuro
 Sim, claro







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 30147
Usuários Online: 78
Copyright (c) 2019 - Rádio Tabajara FM