(88) 9 9803-4666

Ceará

Enfermeiro atuava com falso médico no Ceará há pelo menos dois meses

Publicada em 12/01/15 as 19:45h por G1 CE


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Receituário mostra que falso médico atuava há pelo menos dois meses  (Foto: Jackson Perigoso/Revista Central)
O enfermeiro que trabalhou ilegalmente como médico no Ceará trabalhou por pelo menos dois meses na UPA 24 horas de Quixadá, no interior do Ceará. A polícia faz buscas pelo suspeito desde a tarde de domingo (11), quando ele foi reconhecido por uma paciente e fugiu. Nesta segunda-feira (12), uma paciente do falso médico revelou um receituário de 10 de dezembro de 2014.

Em entrevista ao G1, o diretor administrativo da UPA 24 horas do município, Luíz Cavalcante Neto, disse que o falso profissional não tinha vínculo com a prefeitura de Quixadá. Segundo ele, o enfermeiro trabalhou em plantões em substituição ao médico que o indicou. "O falso médico não tinha nenhum laço com a prefeitura de Quixadá. Não era contratado. Ele veio para tirar só alguns plantões do médico Vélber de Lima", afirmou.

A Polícia Civil de Quixadá, no interior do Ceará, procura um enfermeiro que se passou por médico e atendeu pacientes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas da cidade. Ainda de acordo com Cavalcante Neto, a prefeitura chegou a pedir a documentação ao profissional para contratá-lo. A demora na entrega do material despertou suspeitas. "Nós íamos contratá-lo. Pedi a ele todos os documentos. No entanto, ele sempre dizia que ia trazer. Na verdade eu já estava desconfiado", disse.
Fuga em moto

Segundo relato de testemunhas, o suspeito fugiu ainda de jaleco em um mototáxi, mas a polícia ainda não descobriu o destino do enfermeiro.

O falso médico usava o carimbo com o nome de ''Dr. Diego Lopes e Silva''. Segundo a Secretaria de Saúde de Quixadá, o carimbo tinha inclusive o número do Conselho Regional de Medicina.

"Ao tomar conhecimento do fato, o diretor administrativo da Unidade de Pronto Atendimento, Luís Cavalcante Neto, tomou todas as providências cabíveis. Se dirigiu até a Delegacia Regional de Quixadá para prestar Boletim de Ocorrência sobre o fato ocorrido e desde então a polícia já se encontra em diligência à procura do falso médico", diz a Secretaria da Saúde, em nota.

A Secretaria diz ainda que o diretor clínico da unidade, que estava em viagem, retornou à UPA. A polícia diz que não sabe ainda quantos pacientes foram atendidos pelo suspeito.

A diretoria da UPA 24 horas recomenda que os pacientes atendidos pelo foragido retornem à unidade para novas consultas e evitem tomar medicamentos recomendados pelo falso profissional



Enquete
Meu maior desejo para o Ano de 2020 é:

 Mais Saúde
 Poder Estudar
 Um Trabalho
 Amar mais







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 58523
Usuários Online: 58
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM