(88) 9 9803-4666

Brasil

Maior torre de estudos climáticos do mundo é construída no Amazonas

Publicada em 06/12/14 as 14:30h por G1


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução/Globo )
 O Bom Dia Brasil mostra com exclusividade uma torre que está sendo construída no Brasil e é maior do que a Torre Eiffel. É a Atto, uma torre que vai monitorar as mudanças climáticas bem no meio da Floresta Amazônica.0

A torre começou a ser construída em Curitiba e, desde o início do projeto, já se sabia que o desafio seria imenso. "Nós temos as intempéries das chuvas, nós ainda temos o desafio de arrumar a estrada, de permitir que o nosso material chegue até o local", diz o engenheiro Sérgio Nascimento.

Do Sul do país, uma viagem de dez dias, entre estradas e rios, até que as peças da torre chegassem ao Amazonas em uma balsa. O local escolhido para a montagem foi a Reserva de Uatumã, no meio da floresta, a cerca de 300 quilômetros de Manaus. Para chegar até lá foi preciso enfrentar muita lama e abrir estradas.

A Torre Atto é um importante reforço na cooperação científica entre Brasil e Alemanha. Pesquisadores dos dois países já estudavam o clima na região através dos dados coletados em duas torres de monitoramento. Agora, as informações vão ser ainda mais precisas, porque essa torre é bem mais alta. A cada cinco segundos novas informações sobre as partículas do ar vão chegar aos computadores.

"Se a gente tivesse escolhido um lugar pertinho de Manaus, a gente sempre tem a influência da cidade, com toda a poluição, com todas as partículas emitidas das usinas, e aqui a gente tem um ambiente bem natural. A ideia é de entender como funcionam os sistemas dessa floresta maravilhosa na interação com a atmosfera", explica Stefan Wolff, pesquisador do INPA.

A torre tem 82 metros de altura. Até então, era a maior torre de pesquisa da Amazônia, mas quando a Atto estiver pronta vai ser quatro vezes mais alta. Vai ser a maior torre de pesquisa mundo. Ela vai ter 325 metros de altura, 25 metros a mais do que uma torre na Sibéria, que ainda é considerada a mais alta já construída para estudos climáticos.

O marceneiro Manuel Domingos mora perto da Reserva de Uatumã e ajudou a construir a torre gigante. "Esse trabalho da torre de preservação vem trazendo benefício para comunidade. Me sinto feliz de ter trabalhado junto eles", conta.

Há anos que o pesquisador do INPA Antônio Manzi sonha com a chance de poder ver a floresta lá de cima. "Os desafios que nós enfrentamos para chegar até o ponto onde estamos foram muito grandes. Quando a gente está nessa etapa da construção já com dois terços da torre erguida, a gente só pode ficar muito feliz", afirma.

A previsão é que a Torre Atto esteja pronta até o fim de dezembro. A partir daí, os pesquisadores terão uma grande ajuda para monitorar o clima da maior floresta tropical do mundo.



Enquete
Meu maior desejo para o Ano de 2020 é:

 Mais Saúde
 Poder Estudar
 Um Trabalho
 Amar mais







LIGUE E PARTICIPE

88 36262266

Visitas: 62856
Usuários Online: 132
Copyright (c) 2020 - Rádio Tabajara FM