Hora Certa
(88) 998034666

Enquete
Qual o seu plano para 2018, pós-Carnaval?

 Retomar os estudos
 Fazer exercícios físicos
 Perder peso
 Buscar um novo emprego
 Não pensou ainda

No Ar
SHOW DA NOITE com Bené Barros
Tema Dos 27 Anos da Tabajara de São Benedito
1
Jingle Tema Dos 27 anos da Tabajara de São Benedito
Tabajara FM 95,9 de São Benedito-CE
Visitas Este Mês/ Usuários On Line
Visitas: 36556 Usuários Online: 32
Brasil

Publicada em 07/12/17 as 08:19h - 53 visualizações
Preço do maracujá produzido na Serra da Ibiapaba despenca 31% na Ceasa Ceará
Fruta é comercializada ao preço de R$ 3,30 o quilo.

G1 CE


Maracujá: fruta é mais do que apenas um calmante natural  (Foto: Reprodução/ TV TEM)
O preço do maracujá apresentou uma queda no preço médio praticado no entreposto da Ceasa em Maracanaú de 31,25% em novembro deste ano, em relação a outubro. Comercializada atualmente ao preço de R$ 3,30 o quilo, em outubro o maracujá chegou a ser vendido por R$ 4,80 o quilo.

Outras frutas que tiveram redução considerável de preços foram a melancia (23,81%), caindo de R$ 1,05 para R$ 0,80 o quilo, o melão japonês (17,84%) passando de R$ 1,95 para R$ 1,60 o quilo e a manga Itamaracá 1ª (29%), que caiu de R$ 1,25 para R$ 1,00 o quilo. Dentre as hortaliças, a campeã de redução de preços é a abóbora caboclo (26, 32%), caindo de R$ 2,10 para R$ 1,55 o quilo, seguida da cebola roxa (18,64%), que passou de R$ 2,95 para R$ 2,40 o quilo.

De janeiro a outubro deste ano, o entreposto de Maracanaú comercializou 13.193,43 toneladas de maracujá, atingindo o ápice em julho, quando vendeu 1.637,68 toneladas. A fruta produzida no Ceará provém do litoral de Camocim e Acaraú, região da Ibiapaba, Região Metropolitana de Fortaleza, Maciço de Baturité e Baixo Jaguaribe. Além dessas regiões, a Ceasa costuma receber maracujá dos estados da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Boa safra na região da Ibiapaba

Segundo Odálio Girão, Analista de Mercado da Ceasa, a redução nos preços do maracujá deve-se à boa safra que teve início na região da Ibiapaba, despontando com novas colheitas e colocando uma maior quantidade da fruta no mercado local.

"Também entrou na Ceasa uma grande quantidade de maracujá produzido na Bahia, o que também tem contribuído com a boa safra, "destaca ele. Odálio acrescenta que os produtos são de excelente qualidade e que a boa safra vai se estender por todo esse período de final de ano.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Copyright (c) 2018 - Rádio Tabajara Am - Todos os direitos reservados